Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Ingredientes:

  • 1 Iogurte Natural Magro
  • 1 Colher de Sopa de Hortelã Picada
  • 1 Colher de Sobremesa de Cebolinho Picado
  • 1 Colher de Sopa de Salsa Picada
  • 1 Colher de Sopa de Sumo de Limão
  • 2 Colheres de Sopa de Azeite
  • Sal e Pimenta q.b.

 

Modo de Preparação:

1. Misturar todos os ingredientes e servir.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Será que todas a saladas são saudáveis? Não. Na verdade, até uma salada pode conter excesso de calorias, nomeadamente quando se utilizam molhos hipercalóricos, com muito sal e muita gordura.

A melhor opção será sempre temperar a sua salada com os tradicionais azeite e vinagre (sem exagerar). Os mais atrevidos poderão temperar as suas saladas com limão ou molhos feitos em casa à base de especiarias, ervas aromáticas ou iogurte.

E quanto aos restantes ingredientes? O que se deve utilizar para que uma salada seja uma refeição leve e saudável?

 

Caso a sua salada seja o seu prato principal da refeição, esta deverá ter sempre:

 

- LEGUMES, que são a base de qualquer salada, fornecendo-nos vitaminas, minerais, fibra, hidratos de carbono complexos e antioxidantes. (Ao consumi-los crus, a sua riqueza nutricional será maior).

 

- PROTEÍNA, que nos fornece proteína. Deverá optar por carnes magras (frango, perú, fiambre de aves), ovos, queijos magros e peixes (atum ao natural, salmão, bacalhau, delicias do mar, etc).

 

Para além disso, poderá enriquecer a sua salada com fruta fresca (maçã, ananás, pêssego, abacate, etc) ou frutos secos (nozes, amêndoas, etc). A fruta é uma óptima fonte de vitaminas e antioxidantes, ao mesmo tempo que os frutos secos apesar de muito calóricos contém ómega 3 (amigo do coração).

 

As leguminosas (como as lentilhas, feijão ou grão) também podem estar presentes na sua salada, de forma a fornecer proteína, fibras e antioxidantes.

 

Poderá também juntar 1 colher de sopa de sementes alimentares como a linhaça, chia, sementes de sésamo, sementes de girassol, entre outras.

 

E ATENÇÃO! Deverá sempre variar os ingredientes das suas saladas para usufruir dos beneficios specificos de diferentes alimentos. Não se esqueça que quanto mais colorida for a sua salada mais saudável/equilibrada ela é. Mas não abuse! A quantidade de salada que come deve ser apenas um prato (e não vale fazer uma pirâmide de comida!).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Barra de Cereais

10.04.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Ingredientes:

- 10 morangos picados

- 3 c. sopa de farinha integral ou farinha de aveia

- 1 c. sopa de manteiga magra sem sal

- 1 c. sopa de açúcar mascavado

- 1 mão de frutos secos bem picados (a amêndoa liga muito bem com o morango)

- Sumo de meio limão

 

Modo de Preparação:

1. Forrar o fundo do tabuleiro com os morangos e regá-los com o sumo do limão. Reservar.

2. À parte misturar os restantes ingredientes até obter uma massa relativamente homogénea (se achar que está muito grossa pode juntar 1 chávena de chá de leite magro).

3. Colocar a massa por cima das camadas de morangos e levar ao forno cerca de 20 minutos a 150oC.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Cada vez mais se houve falar nas dietas detox, muitas são as pessoas que as adoptam para perder quilos rapidamente e estar "em linha" quando o Verão chegar... Mas será que se deve fazer uma alimentação composta exclusivamente por estes sumos (sem comer alimentos sólidos)? Ou será que se deve ter uma alimentação variada e completa aliada aos sumos detox?

Na minha opinião: sumos detox sim, exclusivamente sumos detox não.

Como o próprio nome indica, os sumos detox são sumos que nos ajudam a desintoxicar o organismo, ou seja, ajudam a eliminar as toxinas existentes no nosso organismo e evitam que novas toxinas se depositem. Contudo, um sumo detox faz muito mais do que isso! Os sumos detox ajudam a melhorar o humor, fornecem energia, contribuem para aumentar a concentração e memória, controlam o apetite, contribuem para o bom funcionamento instestinal, eliminam o inchaço, atenua os sintomas de TPM e fortalecem o sistema imunitário.

 

Quando beber sumos detox?

Podemos beber sumos detox diariamente, mas sempre aliados a uma alimentação variada e equilibrada, bem como com exercício físico. Os sumos detox quando ingeridos em jejum fazem com que o nosso organismo absorva mais nutrientes, mas podem ser bebidos a qualquer altura do dia... Nos lanches, antes dos treinos ou depois dos treinos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

O seu programa ideal para os serões é estar no sofá, a ver um bom filme e a comer pipocas? Não desespere! Não é, de todo, assim tão mau!

Um estudo americano comprovou recentemente que comer pipocas regularmente pode trazer benefícios à nossa saúde, uma vez que as pipocas são ricas em antioxidantes e fibras. Desta forma, a constituição nutricional da pipoca contribui para o combate de doenças cardiovasculares, previne o envelhecimento e ajuda a prevenir vários tipos de cancro. 

MAS ATENÇÃO! Apesar da pipoca ser um alimento saudável, há que saber como fazê-la, pois a manteiga ou o óleo utilizados para preparar pipocas são os grandes vilões para quem quer "manter a linha"! Em primeiro lugar, deve ser evitado o consumo de pipocas compradas já feitas ou das pipocas do cinema, pois estas encontram-se cheias de caramelo, corantes e outros temperos. São de evitar também as embalagens de milho que se colocam no micro-ondas (as pipocas podem ser feitas no micro-ondas, mas apenas se comprar o milho e o fizer normalmente numa tigela dentro do micro-ondas) pois essas embalagens têm mais gordrua.

 

PIPOCA SAUDÁVEL:

  • 1/2 de chávena de milho;
  • 1/4 de chávena de água;
  • Sal ou Açúcar q.b.

Num recipiente próprio para ir ao micro-ondas, coloque todos os ingredientes e misture-os bem. Cubra com papel filme e leve ao micro-ondas, na potência máxima, cerca de 10minutos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Ao longo dos últimos tempos, a Quinoa tem vindo a ganhar cada vez mais peso na nossa alimentação, sendo o seu consumo aconselhável essencialmente devido à sua riqueza nutricional. A Quinoa ficou famosa mundialmente por ser um ingrediente muito utilizado pelo conceituado Jamie Oliver e, o ano passado, foi considerada pela FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura) como o ano Internacional da Quinoa pelo seu papel contra a erradicação da fome e da pobreza. 

Esta semente tem um sabor muito suave, podendo adaptar-se a vários tipos de pratos. A Quinoa é rica em aminoássidos essenciais, fibra, fósforo, cobre, zinco, vitaminas A, E, C, B1 e B6. Desta forma, o consumo da quinoa é um óptimo aliado para quem quer perder peso uma vez que esta provoca uma grande sensação de saciedade. Pode ainda ser um bom aliado no controlo da tensão arterial e na manutenção do sistema nervoso. 

Para além disso, a quinoa já se encontra facilmente à venda, seja sob a forma de cereal, farinha ou grãos. Assim sendo, pode ser consumida ao pequeno-almoço como cereal, acompanhada de leite ou iogurte; pode ainda estar incluida nas refeições principais a acompanhar pratos de carne ou peixe; ou pode estar presente em saladas. A quinoa deve sempre ser cozida antes de consumida, à semelhança do arroz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Será que aquelas pessoas que decidem adoptar uma alimentação saudável e adequada às suas necessidades individuais apenas está autorizada a comer cozidos e grelhados? NADA MAIS ERRADO!

O grande problema de cozinhar é o facto de, muitas vezes, os nossos pratos preferidos serem exageradamente ricos em gordura. Mas será isso razão que chegue para proibir alguém de comer refogados, por exemplo? Não. O mais importante é ensinar as pessoas a cozinhar os seus pratos preferidos de uma maneira mais saudável, para que ter uma alimentação equilibrada seja mais fácil! Por isso, aqui ficam algumas dicas:

  1. É importante guardar pratos que não dão para fazer doutra maneira senão fritos (ex.: batatas fritas) para as chamadas ocasiões especiais;
  2. Deve-se retirar SEMPRE todas as gorduras visiveis, assim como a pele das carnes e dos peixes;
  3. Nos gratinados pode sempre optar por utilizar as versões magras;
  4. Se for fazer um refogado deve utilizar o dobro da cebola e fritá-la numa pequena quantidade de gordura misturada com água (vai sempre adicionando água e acrescenta polpa de tomate para dar cor ao seu refogado);
  5. Quando assar algo no forno, opte por fazer uma marinada 24horas antes de ser confeccionado;
  6. Nas saladas deve substituir os molhos mais gordos por molhos mais magros, como o azeite, o limão e o vinagre;
  7. Optar por usar frigideiras e tachos anti-aderentes que não precisam de tanta gordura para cozinhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Um dos grandes mitos alimentares é o facto da maior parte das pessoas considerarem os substitutos alimentares uma boa escolha na altura de perder peso, sejam eles batidos, barras ou cremes. Na verdade, esses substitutos alimentares são extremamente ricos em açúcares e prometem grandes perdas de peso, através de restrições calóricas muito drásticas. Por outro lado, "as perdas de peso a qualquer custo" proporcionadas por substitutos alimentares devem-se sobretudo à perda de água corporal e não à eliminação da gordura em excesso (como deveria acontecer), sendo que o consumo continuado destes produtos está na origem de grandes carências nutricionais.

Assim sendo, se quer realmente perder peso de forma saudável deve fazê-lo de forma gradual através da adopção de hábitos alimentares mais saudáveis. Escolha uma alimentação variada e diversificada, consumindo mais legumes e frutas que não têm gordura e, ao mesmo tempo, são ricos em fibra que aumenta a sesação de saciedade. Não substitua refeições, opte por iniciar o almoço ou o jantar por uma sopa ou uma salada, de forma a ficar com menos apetite para os restantes prato. Finalmente, é bom nunca esquecer que para ter resultados mais rápidos e mais satisfatórios deve aliar uma alimentação saudável à prática de, pelo menos, 30 minutos diários de exercício físico. 

 

Lembre-se que tudo o que se alcança de forma fácil não tem o mesmo valor!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda é daquelas pessoas que usa a desculpa que ter uma alimentação saudável sai mais caro ao seu bolso? Esse argumento já não é aceitável!! Hoje, e porque precisa de organizar os seus lanches para a semana que se está a aproximar, deixo-lhe seis opções de lanches saudáveis a menos de 1€. Seja em casa, no trabalho ou em viagem adira à moda dos lanches económicos e equilibrados; a sua carteira agradece e a sua saúde também!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Marcação de Consultas e/ou Esclarecimento de Dúvidas

diana.educacaoalimentar@gmail.com