Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



É sabido que as ervas aromáticas são uma mais valia na nossa cozinha e um excelente aliado quando se quer reduzir a quantidade de sal adicionada aos nossos cozinhados, mas será que são só esses os seus benefícios?

Não!

O tomilho é uma das ervas aromáticas mais conhecidas entre nós, mas mesmo assim poucos sabem onde a utilizar e quais a sua mais valia. Esta erva tem características expectorantes que a fazem ser uma boa aliada no combate a gripes, bronquites, pneumonia e asma; sendo que também são conhecidos os seus benefícios para aliviar sintomas de flatulência, sensação de enfartamento, acne e inchaço.

Mas onde é que se pode consumir tomilho?

O sabor do tomilho liga muito bem com carnes e massas, mas esta erva pode também ser utilizada para fazer infusões.

Infusão:

- 2 c. sopa de tomilho picado;

- 250ml de água.

Deixa-se o tomilho ferver ao lume e, de seguida, desliga-se. É aconselhável deixar esta infusão repousar cerca de 10min antes de coar as folhas de tomilho. Não beba mais do que 1 chávena desta infusão por dia. Desaconselhado a grávidas e crianças com menos de 6 anos, assim como a pessoas com problemas cardiacos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Parece que os dias quentes vieram para ficar, por isso é importante ter ainda mais cuidados com a sua alimentação!

 

1. Aumente o consumo de água e infusões sem açúcar para 2L/dia - Com o calor perdemos mais água e minerais através do suor, razão pela qual se deve aumentar a hidratação do nosso corpo para compensar.

 

2. Evite refeições mais pesadas e gordurosas - O calor faz com que o nosso metabolismo basal diminua e consequentemente se gaste menos energia, razão pela qual também devemos ingerir menor quantidade calórica.

 

3. Use e Abuse de Legumes Frescos - As saladas são muito benéficas para a nossa saúde, pois para além de serem baixos em calorias, os legumes frescos têm uma maior riqueza nutricional do que os cozinhados.

 

4. Prefira os Sorvetes de Fruta - E porque não experimentar os antigos gelados de gelo e fruta?! Ajudam a hidratar e são menos calóricos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Vitamina C

05.06.14

 

 

A Vitamina C é um nutriente essencial para o bom funcionamento do nosso organismo, nomeadamente no que diz respeito ao fortalecimento do nosso sistema imunitário, regulação do metabolismo e formação de tecidos. Contudo, é importante ter consciência que a Vitamina C em excesso pode ter consequências nefastas como, por exemplo, contribuindo para distúrbios intestinais, anemia e aumento da fragilidade perante problemas de saúde como gripes, bronquites e pneumonias. 

Mais uma vez volto a relembrar que uma alimentação saudável se baseia não só na quantidade de calorias ingeridas como também na quantidade de nutrientes, sendo por isso importante respeitar as doses diárias recomendadas. Não se esqueça que até o melhor alimento se pode tornar nefasto para a nossa saúde quando consumido em excesso!

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Até agora tenho dado algumas dicas contra o desperdícios daquelas frutas cuja nossa imaginação tem maior dificuldade em aproveitar de forma útil. Por isso, hoje trago-vos uma sugestão para o aproveitamento total dos vegetais que utiliza nas suas sopas ou refogados!

 

1. Caldo de Legumes

Junte todas as cascas dos legumes que utiliza em vários pratos num tacho com água e deixe ferver. Quando o caldo tiver um aroma intenso e cor amarelada, desligue o fogão e deixe repousar. Retire as cacas e filtre o caldo para dentro de covetes de gelo. Leve ao congelador e utilize para dar mais sabor (de forma mais saudável) aos seus cozinhados. (Diga não aos caldos de compra cheios de sal e produtos químicos!)

 

2. Chá de Casca de Cebola

Porque não utilizar a casca da cebola que utilizou ao jantar para fazer um chá de casca de cebola? Lave bem a casca da cebola e deixe-a ferver em água. O chá de casca de cebola é bom para problemas de gargante, nomeadamente rouquidão, dores de garganta ou mesmo quando se fica totalmente afónico.

 

3. Crocantes de Batata

Lave bem as cascas. Disponha a casca de batata cortada em pequenos pedaços num tabuleiro com papel vegetal. Tempere-as com óregãos, pimenta e pouco sal. Sirva como entrada do seu almoço ou jantar e verá como toda a gente vai gostar!

 

Junte o útil ao agradável e desfrute o mais que poder dos vegetais que utiliza no seu dia-a-dia. Não se esqueça que existem muitas pessoas no Mundo que não fazem sequer uma refeição por dia. Não desperdíce!

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Será que todas a saladas são saudáveis? Não. Na verdade, até uma salada pode conter excesso de calorias, nomeadamente quando se utilizam molhos hipercalóricos, com muito sal e muita gordura.

A melhor opção será sempre temperar a sua salada com os tradicionais azeite e vinagre (sem exagerar). Os mais atrevidos poderão temperar as suas saladas com limão ou molhos feitos em casa à base de especiarias, ervas aromáticas ou iogurte.

E quanto aos restantes ingredientes? O que se deve utilizar para que uma salada seja uma refeição leve e saudável?

 

Caso a sua salada seja o seu prato principal da refeição, esta deverá ter sempre:

 

- LEGUMES, que são a base de qualquer salada, fornecendo-nos vitaminas, minerais, fibra, hidratos de carbono complexos e antioxidantes. (Ao consumi-los crus, a sua riqueza nutricional será maior).

 

- PROTEÍNA, que nos fornece proteína. Deverá optar por carnes magras (frango, perú, fiambre de aves), ovos, queijos magros e peixes (atum ao natural, salmão, bacalhau, delicias do mar, etc).

 

Para além disso, poderá enriquecer a sua salada com fruta fresca (maçã, ananás, pêssego, abacate, etc) ou frutos secos (nozes, amêndoas, etc). A fruta é uma óptima fonte de vitaminas e antioxidantes, ao mesmo tempo que os frutos secos apesar de muito calóricos contém ómega 3 (amigo do coração).

 

As leguminosas (como as lentilhas, feijão ou grão) também podem estar presentes na sua salada, de forma a fornecer proteína, fibras e antioxidantes.

 

Poderá também juntar 1 colher de sopa de sementes alimentares como a linhaça, chia, sementes de sésamo, sementes de girassol, entre outras.

 

E ATENÇÃO! Deverá sempre variar os ingredientes das suas saladas para usufruir dos beneficios specificos de diferentes alimentos. Não se esqueça que quanto mais colorida for a sua salada mais saudável/equilibrada ela é. Mas não abuse! A quantidade de salada que come deve ser apenas um prato (e não vale fazer uma pirâmide de comida!).

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Surgiu recentemente nos supermercador portugueses Água de Coco. Mas será que beber água de coco é uma boa opção?

Sem dúvida!

A Água de Coco da Luso tem cerca de 23Kcal por 100ml, tem um elevado poder saciante e ajuda a hidratar (podendo ser um grande aliado daquelas pessoas que não gostam de beber água). Esta bebida pode ser um grande aliado dos desportistas, uma vez que ajuda a repor mais rapidamente do que a água os níveis de hidratação e os minerais perdidos através da urina e do suor. Por outro lado, o facto da água de coco ser rica em potásio torna-a ideal no combate a cãibras e na melhoria do desempenho físico. Além disso, esta bebida ajuda também ao bom funcionamento dos intestinos, pois é rica em fibra; tem um grande poder diurético e desintoxicante (ajudando a limpar as toxinas do nosso organismo). 

Mas atenção! A água de coco tem calorias, razão pela qual não deve ser consumida sem limites! Não é aconselhável o consumo de mais de três copos de água de coco para pessoas que tenham problemas de rins ou sejam diabéticas. 

 

Do que está à espra? Vá já comprar a sua água de coco e desfrute dos seus benefícios com conta, peso e medida. (E não, eu não ganho nada por recomendar agua de coco da luso!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Os dias quentes pedem gelados! E se, aproveitasse a fruta que tem em casa e fizesse gelados caseiros?! Hoje deixo-lhe algumas sugestões!

 

1# Gelado de Chá Verde e Limão

Faça chá verde. Depois deste estar feito coloque rodelas de 1 limão no chá e deixe ficar até o chá arrefecer. De seguida coloque nas covetes e leve ao congelador até solidificar.

 

2# Gelado de Melância e Morango 

(8 unidades)

  • 400g de Melância
  • 150g de Morangos
  • 1 c. de sopa de sumo de limão
  • 200ml de água

Junte tudo no liquidificador. Distribua a mistura pelas covetes e leve ao congelador até solidificar.

 

3# Gelado de Kiwi

  • 1 c. sopa de sumo de limão
  • 1 chávena de água
  • 2 c. sopa de açúcar
  • 4 Kiwis

Num tacho colocar a água e o açúcar, deixando cozinhar até o açúcar derreter e o preparado começar a ferver. Cozinhe por mais 5 minutos, mexendo. Tapar e levar ao congelador até a calda ficar fria. 

Enquando a calda estiver no frigorifico, passar no liquidificador os kiwis e o sumo de limão. Misturar com a calda. Levar ao congelador até solidificar.

 

Porque se deve optar por fazer gelados em casa?

 

1. São mais saudáveis.

2. É uma forma divertida de consumir fruta e hidratar-se.

3. Contém menos açúcar.

4. São económicos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

A primeira coisa que deve ser referida é o facto de, quando alguém pertende perder peso, só o consegue mudando hábitos alimentares e estilos de vida, sendo por isso necessária determinação e motivação. Se o fizer, terá certamente resultados positivos!

Agora a pergunta que se coloca é: "E quando atingir o peso que desejava, o que faço?"

Pois bem, aí começam novamente as dores de cabeça de muita gente, sem necessidade! Quando decide emagrecer, está a decidir ter uma alimentação equilibrada e adequada às suas necessidades pessoais, não deverá fazer dietas restritivas! O grande segredo para alcançar o peso e mantê-lo passa por educar os seus hábitos alimentares de forma a não "ter recaídas". A principal diferença entre as "dietas milagrosas" e a "reeducação de hábitos" passa por isso mesmo: enquanto a primeira o priva de alguns alimentos, a segunda permite-o comer de tudo um pouco mas nas quantidades certas. 

 

Por isso, não se preocupe. Se reeducar os seus hábitos alimentares, quando alcançar o seu objectivo ser-lhe-á fácil manter o peso pois já criou uma rotina que o permite ter uma alimentação saudável, sem dificuldades! Continue a fazer cinco a seis refeições diárias, beber cerca de 1,5L de água diariamente e a praticar pelo menos 30 minutos de exercício físico por dia... Verá que não existirão problemas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

 

"Bom, eu posso aproveitar as cascas de citrinos, mas com a casca de banana não dá para fazer nada..."

ERRADO!

 

Hoje deixo-lhe duas opções para aproveitamento das cascas de banana:

 

1. Doce de Casca de Banana

 

 - 5 cascas de banana lavadas

 - 3 c. sopa de açúcar

 

Cozinhe as cascas em água, até amolecerem. Desligue, escorra e deixe arrefecer. No liquidificador, passe as cascas de banana juntamente com o caldo da cozedura. Passe o liquido para um tacho através de um passador. Junte o açúcar e leve a lume brando até o doce se descolar do fundo do tacho.

 

2. Banana Panada

 

 - Cascas de banana lavadas

 - 1 ovo

 - Farinha integral

 - Mix de ervas aromáticas

 - Pimenta

 

Tempere as cascas das bananas com a pimenta e as ervas aromáticas. Passe as cascas pelo ovo batifo e, de seguida, pela farinha. Frite em azeite ou leve ao forno a 200oC.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Barra de Cereais

10.04.14

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Marcação de Consultas e/ou Esclarecimento de Dúvidas

diana.educacaoalimentar@gmail.com